Juiz concede liminar e cobrança de pedágio é liberada na MG-050

As praças haviam sido lacradas por falta de licença ambiental.

As praças haviam sido lacradas por falta de licença ambiental.

Fiscais do Sistema Estadual de Meio Ambiente (Sisema) lacraram, na quarta-feira (3), seis praças de pedágio na MG-050, entre a região metropolitana de Belo Horizonte e São Sebastião do Paraíso. A ação teve início por volta das 17h. Por quase 24h ficou suspensa a cobrança de pedágio nas praças.

Já na tarde de quinta-feira (4), uma liminar expedida pelo Juiz de Direito, Christiano Oliveira Cesarino, autorizou a normalização da cobrança da tarifa em todas as praças de pedágio, bem como todos os procedimentos operacionais e de auxílio ao usuário na via.

De acordo com nota da Concessionária Nascentes das Gerais, “A liminar, entre outros pontos, confirma que a concessionária sempre cumpriu as diligências requeridas com o escopo de se obter a renovação da Licença”.

Redação do Jornal Nova Imprensa

Imprimir

Sobre o Autor

André Ribeiro

Designer do portal Últimas Notícias, especializado em ricas experiências de interação para a web. Tecnófilo por natureza e apaixonado por design gráfico. É graduado em Bacharelado em Sistemas de Informação pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais.

Juiz concede liminar e cobrança de pedágio é liberada na MG-050

As praças haviam sido lacradas por falta de licença ambiental.

As praças haviam sido lacradas por falta de licença ambiental.

 

Fiscais do Sistema Estadual de Meio Ambiente (Sisema) lacraram, na quarta-feira (3), seis praças de pedágio na MG-050, entre a região metropolitana de Belo Horizonte e São Sebastião do Paraíso. A ação teve início por volta das 17h. Por quase 24h ficou suspensa a cobrança de pedágio nas praças.

Já na tarde de quinta-feira (4), uma liminar expedida pelo Juiz de Direito, Christiano Oliveira Cesarino, autorizou a normalização da cobrança da tarifa em todas as praças de pedágio, bem como todos os procedimentos operacionais e de auxílio ao usuário na via.

De acordo com nota da Concessionária Nascentes das Gerais, “A liminar, entre outros pontos, confirma que a concessionária sempre cumpriu as diligências requeridas com o escopo de se obter a renovação da Licença”.

Lorene Pedrosa

Sobre o Autor

André Ribeiro

Designer do portal Últimas Notícias, especializado em ricas experiências de interação para a web. Tecnófilo por natureza e apaixonado por design gráfico. É graduado em Bacharelado em Sistemas de Informação pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais.

Deixe um comentário!

Atenção! Os comentários do portal Últimas Notícias são via Facebook, se deseja comentar esteja logado. Lembre-se que os comentários são de inteira responsabilidade dos autores e não representam a nossa opinião.

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!