Da Redação*

Os juízes Altair Resende, da Vara de Família e Sucessões, Rodrigo Rezende, da Unidade Jurisdicional do Juizado Especial e Rafael Carneiro, da 2ª Vara Cível da Comarca de Formiga estiveram reunidos na terça-feira (5) com o presidente do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), o desembargador Herbert Carneiro

O juiz auxiliar da Presidência, Carlos Donizetti Ferreira da Silva acompanhou a visita, quando foram tratados assuntos relacionados a demandas da Comarca de Formiga.

Nessa quinta-feira (7), em entrevista ao Últimas Notícias, o juiz Rodrigo Rezende, que também é diretor do Foro da Comarca de Formiga, deu detalhes dos assuntos tratados na reunião e listou uma série de melhorias realizadas neste Fórum, nos  últimos meses.

 

Troca de mobiliário

De acordo com o juiz, todo o mobiliário do Fórum foi substituído por outro mais moderno e adequado. “Nos preocupamos em adquirir novos móveis que sejam funcionais e ergonômicos, o que também se aplicou na substituição dos computadores”.

Segurança

Com relação à segurança, foram contratados dois seguranças armados, instalada uma porta com detector de metais e, em breve, o local contará também com catraca eletrônica.

Implantação do PJE

Outra boa notícia dada pelo juiz foi a realização de obras que resultaram no reforço da carga elétrica do Fórum, o que custou cerca de R$200 mil, visando à implantação na comarca do Processo Judicial Eletrônico (PJE). “Em março do ano que vem, o PJE já deverá estar funcionando em nossa Comarca. Ele trará mais celeridade processual, melhorando substancialmente no atendimento à população. Isso sem falar na importância da gradativa eliminação de papéis que trará economia para o Estado e sustentabilidade”.

O juiz destacou ainda que Formiga será uma das primeiras cidades do interior de Minas Gerais a receber o PJE, que deverá ser implantado concomitantemente na Comarca de Campo Belo.

Outra melhoria que chegará, em breve, é a cobertura do estacionamento do Fórum.

Novo Fórum

Por fim, uma das mais importantes notícias divulgadas pelo magistrado, tema tratado na reunião realizada na sede do TJMG, foi a construção da nova sede do Fórum de Formiga, que deverá custar cerca de R$20 milhões.

“Ainda não definimos o local, mas estudos das áreas mais adequadas já estão sendo feitos. Acreditamos que em muito breve teremos a autorização para a realização da obra. Hoje contamos com o apoio importante do juiz auxiliar da Presidência, Carlos Donizetti Ferreira da Silva e esperamos que essa autorização venha ainda durante a gestão do atual presidente do TJMG que termina em junho de 2018”, explicou.

Andamento de processos

De acordo com dados do TJMG, mensalmente, uma média de 660 processos é distribuída na Justiça comum da Comarca, 340 nos Juizados Especiais e 130 nas Turmas Recursais, totalizando mais de mil novos processos por mês.

De janeiro a outubro de 2017, foram julgados 9.676 feitos, proferidas 11.416 e 5.285 decisões.

Temos trabalhado muito e esses números mostram isso! Todas as melhorias pleiteadas e as já conquistadas visam melhorar ainda mais o atendimento ao cidadão”, finalizou o magistrado.

IMPRIMIR