Ocorre durante esta semana, de hoje (terça-feira, 02) até sexta-feira, a Semana Nacional da Conciliação, método encontrado pelo Judiciário para poder desafogar os milhares de processos em andamento e que por vezes acabam tornando a Justiça lenta. Segundo o Ministro Gilmar Mendes, presidente do Conselho Nacional de Justiça, a iniciativa ?Mostra que é possível encontrar meios e modos sem ter que ir à Justiça. É o esforço conjunto de todos os que ajudam a mudar o rosto do Judiciário, um Judiciário mais humano?.
Em Formiga, os atendimentos no Fórum Magalhães Pinto se realizarão até na sexta-feira, de modo que na quinta-feira os acordos serão feitos para processos criminais e nos demais dias, processos cíveis. De acordo com o Dr. Gustavo Henrique Hauck Guimarães, Juiz do Juizado Especial Cível e Criminal da Comarca de Formiga, a importância desse procedimento é, além de agilizar os processos, torná-los algo menos incômodo para ambas as partes. ?Um processo normalmente é muito demorado. Quando se consegue um acordo, não há vencedores ou vencidos, uma vez que ambas as partes são beneficiadas. O autor recebe sua parte e o réu quita seu débito?, esclarece Hauck que acrescenta: ?Tudo que é imposto é ruim, mesmo que seja através da Justiça. O acordo é sempre o melhor caminho?, encerra.

print
Comentários