Redação Últimas Notícias

Parece retrospectiva, mas não é. Todos os anos a história se repete e os moradores têm de conviver com o mato que invade um lote na Travessa Antônio Carlos, no bairro Engenho de Serra.

Um dos moradores relatou que já entraram em contato várias vezes com a Secretaria de Gestão Ambiental solicitando a limpeza do local, mas não foram atendidos.

O terreno faz divisa com o Centro Infantil Conceição Maria de Almeida e além do incômodo de terem que conviver com o terreno sujo e com o descaso por parte da Prefeitura, os moradores ainda convivem com animais peçonhentos como escorpiões, cobras, aranhas e o que mais preocupa os mosquitos.

“As maiores preocupações são com as crianças da escola e o risco de contrair dengue, já que nessa época do ano a proliferação do mosquito é maior, por isso procuramos o Últimas Notícias. Aqui já virou tradição, a Prefeitura só manda limpar o lote depois que sai no jornal. E como a secretaria não faz nada e para pouparmos tempo, preferimos procurar a imprensa de vez”, declarou um morador.

 

Fotos: Glaudson Rodrigues

IMPRIMIR