O papa Francisco assinou nesta terça-feira (15) o decreto de canonização da Madre Teresa de Calcutá, ícone mundial da caridade, que será declarada santa no dia 4 de setembro, anunciou o Vaticano.

A decisão foi tomada durante um consistório encarregado de examinar a causa da religiosa, que faleceu em 1997 e foi beatificada em 2003. O serviço de imprensa do Vaticano não confirmou o local da celebração.

A Igreja da Índia insistiu para que o pontífice argentino se dirija a Calcutá para esta celebração. Mas várias fontes do Vaticano afirmam que uma viagem como esta não está prevista e que a canonização será realizada em Roma.

 

Fonte: Hoje em Dia ||

print

Comentários