Uma mulher de 30 anos foi presa após bater no filho de 10 anos com um rodo e chamar a polícia para si mesma no bairro Mantiqueira, na região de Venda Nova, em Belo Horizonte, na noite dessa quarta-feira (22). De acordo com o boletim de ocorrência, o menino furtou um biscoito da casa do vizinho.

Aos policiais militares, a mulher disse que é cuidadora de idosos, sai cedo para trabalhar e deixa o filho na escola. Na parte da tarde, o menino fica sozinho na residência, mas monitorado por uma prima de 22 anos, que mora no mesmo lote.

De acordo com a mãe, ela ficou sabendo que o filho estava furtando dinheiro de familiares e já tinha corrigido o menino. Ela disse que os parentes não quiseram denunciar o garoto. No entanto, nessa quarta-feira, um vizinho contou do furto do biscoito, quando ela chegou em casa à noite. 

A suspeita disse que se revoltou, pegou um rodo e bateu no filho. Após ser agredido, o menino saiu para a rua correndo e gritando e foi ajudado por vizinhos. Ele teve um corte na testa, hematomas na cabeça e em todo o corpo. O garoto foi socorrido para a Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) de Venda Nova, onde permaneceu em observação com dores de cabeça e no corpo.

A suspeita mesmo acionou a Polícia Militar e contou sobre o ocorrido. Ela disse que está grávida, mas que passava bem. A mulher foi levada para a Delegacia de Plantão de Atendimento à Mulher, em Belo Horizonte. O Conselho Tutelar de Belo Horizonte, foi acionado pela Polícia Militar para acompanhar o caso. 

A Polícia Civil de Minas Gerais informou que “foi instaurado procedimento para apuração dos fatos. Por não cumprir os requisitos legais para a ratificação do estado de flagrante a mulher foi ouvida e liberada. A criança ficou em observação em unidade hospitalar e passará por escuta especializada nos próximos dias na Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente que dará prosseguimento às investigações”. 

Fonte: O Tempo

print
Comentários