A maioria dos clubes e casas noturnas em Divinópolis cancelou a programação de Reveillon 2021, por causa da pandemia.

De acordo com o portal G1, os estabelecimentos, com exceção do Clube dos Servidores Municipais, informaram que devido a impossibilidade de aglomeração por causa da covid-19, não vai ser possível realizar a tradicional festa da virada.

Divinópolis Clube

A direção do Divinópolis Clube informou que não terá programação de Réveillon. Segundo o clube, com as restrições devido a pandemia é inviável manter a programação de costume, tendo em vista o número grande de associados.

O clube tem duas sedes na cidade, em nenhuma delas haverá evento especial para o dia 31 de dezembro.

Estrela do Oeste Clube

A assessoria de comunicação do clube Estrela do Oeste informou que neste ano também não fará a festa da virada.

Conforme a assessoria, o clube tem seguido atentamente as deliberações de restrição da Covid-19, e por esta razão, avaliou que neste ano não será feita nenhuma festa. O Estrela tem duas unidades na cidade, e não haverá festa em ambas.

Clube dos Metalúrgicos

O Clube dos Metalúrgicos, localizado próximo a MG-050, informou que não fará nenhuma programação especial voltada para a virada do ano, para que não haja aglomeração.

Segundo a direção, o clube acompanha diariamente os índices da doença divulgados pela Prefeitura e decidiu não fazer a comemoração como forma de proteger a saúde dos associados.

Clube dos Servidores

A direção do Clube dos Servidores Municipais informou que ainda está discutindo se irá fazer alguma programação e a decisão será tomada no dia 1º de dezembro.

Conforme também o clube, por se tratar de uma festa grande e que tem que ser bem planejada, a direção já havia começado a traçar a programação da festa 2021 ainda em 2019.

Inclusive, o clube fechou no ano passado o contrato com a banda que tocaria no evento deste ano. Entretanto, a realização do réveillon ainda está sendo discutida.

Casas noturnas

A Arena Hangar, tradicional casa de shows da cidade, informou que neste ano não fará o réveillon.

Conforme o proprietário, Juninho Aquiles, devido ao coronavírus e a impossibilidade de aglomeração, não será possível promover a festa.

Fonte: G1

print
Comentários