Mais quatro pacientes foram internados em enfermarias e Centros de Tratamento Intensivo (CTIs) com quadro compatível com a Covid-19 em Divinópolis. Conforme o Boletim Municipal Diário, divulgado pela Prefeitura nessa terça-feira (19), são 32 pacientes com este quadro na rede hospitalar da cidade.

Já a taxa de ocupação total dos leitos de Unidades de Tratamento Intensivo (UTIs) cresceu quase 10% em 24 horas. Nesta terça, a cidade tem 54,5% dos leitos ocupados. No informe de segunda (18), o valor era de 45,5%.

O Boletim Diário também apontou um aumento no número de casos confirmados de coronavírus e de notificações suspeitas da doença. Não houve alteração na quantidade de casos descartados da Covid-19.

Mortes pela doença

O município tem duas mortes confirmadas por coronavírus, a primeira no dia 10 de abril de uma médica de 47 anos e a segunda nesta semana, de um idoso de 68 anos. Uma morte de moradora de Bom Despacho tinha sido registrada como sendo em Divinópolis, mas foi lançado nas estatísticas da cidade de origem da vítima.

Um óbito segue em investigação, de um homem de 43 anos que morreu na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Padre Roberto no último dia 5.

Pacientes curados

Divinópolis que até segunda (18) aparecia com 101 casos de pessoas curadas, no dados atualizados nesta terça pelo Estado aparece com 99 casos.

Taxa de ocupação

A taxa de ocupação das UTIs do Sistema Único de Saúde (SUS) subiu quase 9% em 24 horas, passou de 50% na segunda para 58,9% nesta terça. São 33 pacientes internados, cinco a mais que no informe anterior.

Já no sistema particular o número também subiu, de 42,3% na segunda para 51,3% nesta terça; são 40 pacientes internados, sete a mais que no boletim anterior. Ao todo, Divinópolis tem 54,5% dos leitos de UTIs ocupados.

Casos confirmados e suspeitos

Dois novos casos de coronavírus foram confirmados no boletim; são 134 confirmações em Divinópolis. A quantidade de suspeitas descartadas da Covid-19 se manteve em 182 casos.

Divinópolis tem 1.865 notificações da doença até esta terça, são 60 notificações a mais que o boletim de segunda. Destas notificações, 1.022 foram em pessoas do sexo feminino e 843 em indivíduos do sexo masculino. A maior parte das notificações continua sendo em pessoas com idade entre 20 e 39 anos: 859 registros.

Fonte: G1

Imprimir
Comentários