Minas Gerais atingiu importante marca no combate à Covid-19 nesta terça-feira (5). Segundo o boletim epidemiológico da Secretaria de Estado de Saúde (SES), 502.948 pessoas já se recuperaram do novo coronavírus no Estado desde o início da pandemia, em março do ano passado.

Segundo o levantamento, outros 41.661 pacientes estão em acompanhamento médico. Por outro lado, mais uma vez o número de novos infectados foi expressivo. Em 24 horas, a SES contabilizou 4.588 testes positivos para o vírus. Ao todo, são 556.692 confirmações da enfermidade em território mineiro.

No mesmo período, 20 pessoas perderam a vida por complicações da doença, totalizando 12.803 mortes pela Covid. Cerca de 80% das vítimas têm 60 anos ou mais e a maioria (57%) é formada por homens. Ainda de acordo com o boletim, 74% dos pacientes que morreram apresentaram comorbidades.

Belo Horizonte lidera o Estado em número de casos e mortes pelo novo coronavírus. A capital mineira já atestou 62.637 infectados e 1.893 mortes. Na sequência, vem Uberlândia, no Triângulo Mineiro, com 42.953 testes positivos e 747 óbitos.

Ocupação de leitos de UTI em alta

Das 14 macrorregiões definidas pela SES, sete estão com a ocupação de leitos de UTI acima de 70%, especialmente por causa do aumento de demanda por internações por Covid-19 nas últimas semanas. Dezembro foi o mês com maior número de confirmações de casos de infectados pelo novo coronavírus.

Na capital mineira, a ocupação dos leitos para pacientes com o vírus chegou a 80,5% nessa segunda-feira (4), número considerado crítico e a maior ocupação desde 30 de maio, quando a Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) passou a detalhar a situação desse indicador. A taxa de ocupação de enfermarias também permanece na zona de alerta, atingindo 64,4%. 

Fonte: Hoje em Dia

Imprimir
Comentários