A Polícia Militar foi acionada por volta das 14h45 desta quarta-feira (19) a comparecer à rua Silviano Brandão onde uma senhora de 70 anos alegou que caiu no conto do bilhete premiado. Ela foi abordada por dois indivíduos e acabou entregando a eles R$ 2.670.
Segundo informou a vítima, um homem de cor clara, aparentando ter mais de 50 anos de idade, trajando camisa amarela, boné verde/vermelho, estatura alta, se aproximou dela e disse que tinha dificuldades de conferir um bilhete que estava em seu poder. Em seguida, chegou o segundo comparsa, aparentando 60 anos de idade. Ele é moreno, baixa estatura, usava chapéu, trajava roupas sujas e dizia ser analfabeto. Após ludibriar a vítima com palavras, disse que o bilhete estava premiado e iria dar-lhe uma quantia de R$10 mil como garantia.
A vítima foi até a agência bancaria retirou R$ 2.670 e entregando aos golpistas. Um dos estelionatários teria entregue à vítima o suposto prêmio de R$10 mil em uma meia azul, contudo, quando ela foi verificar tratava-se de papéis. A vítima acionou os militares somente depois de duas horas do golpe.

print
Comentários