O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), por meio da 1ª e 2ª promotoria de Arcos, e as polícias Militar e Civil, cumpriram mandados de busca e apreensão na casa do vice-prefeito da cidade, Halph Carvalho (MDB), na tarde dessa terça-feira (25).

O MPMG informou ao portal G1 que a operação é sigilosa e não envolve questões políticas, mas sim pessoais, e que mais informações não seriam repassadas. O delegado da Polícia Civil em Arcos, Elmer Flávio, afirmou que não poderia repassar informações sobre a operação pelo mesmo motivo do MPMG.

O portal G1 também procurou a assessoria de comunicação da Prefeitura de Arcos para falar sobre o assunto. Em nota, a assessoria informou que o assunto “não envolve a Prefeitura, nem a administração municipal. Portanto, o governo não vai se manifestar a respeito”, diz.

Foto: Foto: Prefeitura de Arcos/Divulgação

 

 

 

 

Fonte: G1||

Imprimir

Comentários