Manifestantes paralisaram a MG-050 e congestionamento chegou a 3 Km

No fim da tarde de ontem, moradores de São Sebastião do Oeste atravessaram caminhões e caminhonetes na praça de pedágio do quilômetro 140 da MG-050. Cerca de 100 pessoas participaram do protesto que causou mais de três quilômetros de congestionamento. A pista foi liberada depois que uma reunião foi marcada para esta segunda-feira entre comunidade e a empresa Nascentes das Gerais. A empresa deixou claro que não será permitida a entrada da imprensa.
Às 16 horas de ontem, moradores e sitiantes de São Sebastião do Oeste realizaram uma manifestação. Seis caminhões e três caminhonetes fecharam a praça de pedágio do quilômetro 140 da MG-050 em Córrego das Colheres. Cerca de 100 pessoas participaram da manifestação que causou congestionamento e aprovações e reprovações dos motoristas.
Vindo de Belo Horizonte com destino a Piumhi, Benvindo Bernardes Filho, estava com a família no carro. O motorista faz este trajeto pelo menos duas vezes ao mês e apoiou a manifestação. ?Dou a maior força. Só é ruim para os caminhoneiros, mas a população tem todo o direito de reivindicar?, disse.
Ao contrário de Benvindo, Fábio Leonel não apoiou a manifestação e se mostrou bastante indignado com a paralisação da rodovia. ?Isso só atrapalha quem precisa passar, é uma palhaçada isso tudo?, revolta-se.
Moradora de Divinópolis e proprietária de um sítio próximo ao pedágio, Maria Alice Novais, conta que com o fechamento do desvio no final do mês passado o trajeto até a propriedade aumentou em 13 quilômetros. ?Eu passava, pagava o pedágio e ia para o meu sítio. Depois que eles fecharam o acesso, tenho que dar uma volta grande e ainda em uma estrada muito ruim?, reclama
Os manifestantes, exigem, entre outras coisas, a reabertura das estradas vicinais rurais que foram fechadas pela empresa Nascentes das Gerais e o passe livre para as comunidades vizinhas ao pedágio.
Para esta segunda exigência, a solução pode estar próxima. Está em tramitação na Câmara dos Deputados o Projeto de Lei (OL) 3062/08 que isenta do pagamento do pedágio em rodovias os moradores ou trabalhadores do município no qual se localiza a praça de pedágio.
A proposta da deputada, Ângela Amim (PP-SC), de isentar do pagamento do pedágio aos moradores e trabalhadores do município

Imprimir
Comentários