A Associação Mão Amiga está precisando de novos voluntários para atuar em diversos programas de assistência social, humana e terapêutica que a entidade oferece para mais de 240 adultos e crianças com câncer, moradores de Formiga, Córrego Fundo e outras cidades próximas.
Para ser um voluntário da Associação Mão Amiga (não apenas atuando diretamente na assistência aos pacientes, mas também em diversos outros setores) é preciso ir até a sede da entidade, localizada na rua Lassance Cunha, 39, centro, e preencher um formulário, do qual constam, além de dados pessoais, as informações sobre áreas de interesse do candidato, sua formação profissional, caso deseje doar serviços especializados, e sobre sua disponibilidade de tempo.
A presidente voluntária da entidade, Wilse Marques Faria, explica que não é preciso dispor de tempo integral ou de qualificação profissional específica para se voluntariar: ?O que vale mais é a qualidade do tempo, isto é, a dedicação que a pessoa empenha em se doar, mesmo que sejam por poucas horas semanais e mesmo que a pessoa não tenha formação técnica diretamente relacionada com a causa que defendemos?, explicou.
Todos os voluntários, antes de serem designados para as funções que irão exercer, passam por um minucioso treinamento, no qual aprendem mais sobre a instituição, sobre câncer e sobre o modo adequado de lidar com os pacientes oncológicos, caso sejam escalados para funções que mantém contato direto com os assistidos.
Para obter mais informações, os interessados podem entrar em contato com a Associação Mão Amiga pelo telefone 3322-3291, ou irem diretamente à sede da entidade.

Prestação de contas mensal

Quem já é voluntário da Associação Mão Amiga, assim como quem apenas tem interesse em acompanhar como cidadão (doador ou não) o desenvolvimento do trabalho da entidade, pode participar, toda última quinta-feira de cada mês, das reuniões gerais que acontecem na sede da instituição, que funciona na Rua Lassance Cunha, 39, centro.
A próxima reunião será nesta quinta-feira (30), às 19h, com a presença dos diretores voluntários e demais membros da Associação.
Durante as reuniões, além da apresentação das movimentações financeiras da entidade, também são apresentados balanços de serviços assistenciais e terapêuticos prestados aos pacientes cadastrados e são discutidos temas administrativos em geral.

Imprimir
Comentários