A verba vinda do Ministério da Agricultura e que inicialmente seria usada na compra de um “britador”, conforme prometido pelo prefeito Moacir Ribeiro durante sua campanha eleitoral, passada a euforia da vitória e após perceber a total inutilidade do mesmo, face às reais necessidades do município, felizmente, teve sua destinação alterada.

Assim sendo, trocou-se a obrigação de adquirir aquele que hoje no próprio governo se reconhece como sendo uma espécie de elefante branco e, em seu lugar, o município adquiriu, máquinas pesadas, caminhões e caminhonetes, que no entender da atual administração serão de maior utilidade.

Alguns destes equipamentos já desembarcaram na cidade. Duas motoniveladoras estão “guardadas”, na sede do Departamento de Estrada e Rodagem (DER)  e nesta terça-feira (6) deverão estar ao lado de outras duas pás carregadeiras que, segundo o chefe de Gabinete, José Terra de Oliveira Júnior, estão com a entrega programada para tal data.

maquina 2 site

Estão na lista de equipamentos recém adquiridos, três pick-ups VW Saveiro e duas caminhonetes VW Amarok, (estas sob os cuidados da Auto Cecília – revendedora local) e seis caminhões Mercedes, mais dois caminhões Pipa, estes produzidos pela Mercedes Benz.

Nestes, além das básculas, segundo Terrinha, a prefeitura instalará dois brucks, que serão adquiridos de empresa  sediada em Campo Belo e serão custeados com recursos próprios advindos de leilão de veículos, máquinas e equipamentos inservíveis a se realizar em futuro próximo.  

Há notícias, estas não confirmadas, que um trator de esteiras e uma escavadeira também seriam adquiridas com recursos advindos da mesma fonte – cumprimento de promessa do atual vice-governador –  quando este exercia as funções de Ministro da Agricultura. Estes equipamentos serviriam o Aterro Sanitário e a escavadeira, dentre outras funções, seria utilizada na limpeza permanente de nossos rios.

Ainda conforme informações do chefe de Gabinete, as notas fiscais de compra do maquinário estão sendo encaminhadas para a Caixa. Posteriormente será feita a devida fiscalização das maquinas e veículos para então, ser liberado o uso dos mesmos por parte da administração.

O gasto total com a compra dos equipamentos foi de R$3.072.800.

Redação do Jornal Nova Imprensa

Imprimir
Comentários