Três rodovias do Distrito Federal registraram engarrafamentos na manhã desta segunda-feira (13), como reflexo do deslocamento de manifestantes favoráveis ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

O grupo que marcha em direção ao centro de Brasília é dividido em três “colunas” – os manifestantes que vêm da Amazônia e do Centro-Oeste vão acampar nesta segunda-feira (13) na Rodoviária Interestadual de Brasília; a caminhada que reúne militantes do Sul e do Sudeste ficará perto do balão do Aeroporto JK; já o grupo do Nordeste vai parar no balão da Granja do Torto.

O trânsito se normalizou às 11h. Por volta das 9h30, o engarrafamento na rodovia BR-070 era de 10 km, do balão da Granja do Torto a Sobradinho, segundo o aplicativo Waze; na Estrada Parque Núcleo Bandeirante (EPNB), o trânsito chegou a 8 km; na Estrada Parque Indústria e Abastecimento (Epia), o congestionamento era de 4 km.

Durante a marcha, os militantes ocuparam o acostamento e uma faixa de cada estrada, segundo a Polícia Militar do DF.

A PM estimou o número de manifestantes em cada ponto em 350, marchando cerca de 12 quilômetros por dia.

Segundo o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), cerca de 1,5 mil pessoas participam de cada deslocamento. Nesta segunda, o ativista de direitos humanos argentino Adolfo Pérez Esquivel, vencedor do prêmio Nobel da Paz em 1980, esteve na marcha.

Na terça-feira (14), a expectativa é de que os três grupos cheguem ao estádio Mané Garrincha, onde ficarão concentrados. Na quarta (15), o Partido dos Trabalhadores (PT) deve registrar a candidatura de Lula no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

 

 

Fonte: G1 ||

Imprimir

Comentários