Um homem de 51 anos, morador do bairro Marília, em Lagoa da Prata, confessou que matou sua companheira, Marli Aparecida de Jesus, de 51 anos, com golpes de barra de ferro, depois que descobriu que ela tinha relacionamentos extraconjugais.
O indivíduo foi até a delegacia da cidade e confessou o crime no domingo (11). Depois, ele foi com os policiais até a sua casa e mostrou onde havia enterrado o corpo da mulher.
A perícia técnica compareceu ao local e após os trabalhos liberou o corpo para a funerária. A arma do crime, uma barra de ferro, foi localizada no quintal e foi recolhida. O homem foi conduzido à Delegacia Regional de Bom Despacho.

Imprimir
Comentários