Uma médica mineira morreu na noite de sábado (7) em uma pousada em Vitória da Conquista, Bahia. Liliany Caetano Aquino, de 26 anos, era de Montes Claros, e, de acordo com informações de blogs da região, voltava de férias em Sauípe (BA) quando decidiu se hospedar no local.

Após realizar check-in às 10h, ela teria pedido aos funcionários para ser acordada horas depois. Ainda de acordo com essas informações, a médica se deslocara dirigindo e aparentava exaustão. Às 19h30, funcionários foram até o quarto da médica e a encontraram em crise convulsiva, o que os levou a acionar o Samu. A unidade de pronto atendimento tentou, sem sucesso, reanimar a médica mineira.

De acordo com o Samu, Liliany tinha “sinais de broncoaspiração, quando a pessoa inspira o vômito ou um corpo estranho e fecha as vias aéreas; e de cianose, uma coloração azulada da pele ou das mucosas.” A Polícia Civil da cidade trabalha com as hipóteses de morte natural e suicídio, pois medicamentos de uso controlado foram encontrados no quarto. Uma perícia do Departamento de Polícia Técnica (DPT) vai confirmar a causa da morte em até 30 dias.

IMPRIMIR
Fonte:

O Tempo