Dores de cabeça são comuns em crianças, interferindo na escola, nas atividades, na vida em geral. Muitas crianças têm enxaquecas, até mesmo as jovens demais para descrever os sintomas. Às vezes elas batem nas cabeças em reação à dor. Outras crianças têm dores de cabeça do ?tipo tensional?, às vezes ligada à rigidez muscular ou ao estresse.

As dores de cabeça na infância podem estar relacionadas a enfermidades, desde alergias, passando por infecções no ouvido e chegando às sinusites, e, na maior parte das vezes, não indicam uma doença perigosa. Porém, para muitos pais, a sombra de um diagnóstico terrível espreita no canto do quarto às escuras onde uma criança com dor de cabeça está deitada com um pano molhado sobre a testa.

Exames
Às vezes, as crianças com dores de cabeça necessitam de neuroimagem ? tomografias e ressonâncias do cérebro. Porém, vários estudos recentes e abrangentes levantaram dúvidas sobre tomografias realizadas em crianças, porque a radiação do exame pode aumentar o risco de ela vir a desenvolver câncer, embora o risco geral continue muito pequeno.

Estipulou-se que os médicos sigam diretrizes criteriosas no uso desses exames, mas muitos pais ainda desconhecem os riscos e as diretrizes. Estudo publicado neste mês em ?Pediatrics? examinou um grupo enorme de crianças que passaram por pelo menos duas consultas médicas em função de dores de cabeça, sem apresentar traumas ou lesões na cabeça. Segundo os pesquisadores, mais de 25 por cento delas fizeram tomografia.

Crianças que passaram no pronto-socorro tinham maior probabilidade de fazer tomografia do que as que se consultavam com o pediatra ou em clínicas de neurologia.

?Contudo, mesmo fora do pronto-socorro, o uso de tomografias era bastante elevado?, disse Andrea DeVries, diretora de pesquisa do HealthCore, subsidiária da seguradora WellPoint, e principal autora do novo estudo.

A neuroimagem é necessária para quem apresenta anormalidades no exame físico ou mudanças, como distúrbios no andar, confusão e letargia, sugerindo uma patologia no cérebro.

Imprimir
Comentários