Nesta quinta-feira (5), de acordo com reunião do Comitê Extraordinário Covid-19, do governo do estado, as macrorregiões do Centro (que engloba a microrregião de Sete Lagoas), Sul e Noroeste poderão avançar para a onda verde do programa Minas Consciente.

Segundo a comissão, os indicadores – como ocupação de leitos e positividade para o coronavírus – melhoraram nessas localidades nos últimos 21 dias. Porém, como cabe a cada município deliberar ações mais restritivas, o Comitê Local de Enfrentamento da Covid – formado por representantes da Secretaria Municipal de Saúde, de hospitais particulares, da Guarda Municipal e da Polícia Militar – decidiu por uma postura mais cautelosa e precavida, mantendo Sete Lagoas na onda amarela por pelo menos mais uma semana e adotando maior flexibilização para eventos, a mesma já adotada pelo Minas Consciente.

Assim, ambientes fechados podem receber até 30% da capacidade, com o limite de 300 pessoas. Já locais abertos podem receber até 50% da capacidade, com o limite de 600 pessoas, em eventos de 07h às 23h. Bares e restaurantes continuam podendo funcionar até 1h da manhã, com música ao vivo apenas em formato de voz e violão e sem cobrança de ingressos. 

Um novo decreto municipal detalhando o protocolo de funcionamento das atividades econômicas na cidade será publicado no Diário Oficial ainda nesta quinta-feira. 

Fonte: Estado de Minas

print
Comentários