Minas Gerais tem a sétima gasolina mais cara do Brasil, segundo dados da Agência Nacional de Petróleo (ANP) para o mês de agosto.

Levando em conta os preços máximos cobrados em cada Estado, a ANP registrou que postos de gasolina mineiros chegaram a cobrar R$ 6,759 por litro de gasolina. Os últimos dados registrados são deste sábado (21).

Em quatro Estados brasileiros o litro da gasolina comum ultrapassou R$ 7: Tocantins (R$ 7,36), Rio Grande do Sul (R$ 7,189), Acre (R$ 7,13) e Rio de Janeiro (R$ 7,059).

A gasolina mais barata é vendida no Amapá, por R$ 5,35 o litro.

Confira o ranking do preço máximo cobrado em cada Estado por litro de gasolina:

Tocantins: R$ 7,36

Rio Grande do Sul: R$ 7,189

Acre: R$ 7,13

Rio de Janeiro: R$ 7,059

Bahia: R$ 6,979

Sergipe: R$ 6,789

Minas Gerais: R$ 6,759

Pará: R$ 6,699

Goiás: R$ 6,679

Ceará: R$ 6,62

Piauí: R$ 6,599

Paraná: R$ 6,55

São Paulo: R$ 6,549

Mato Grosso: R$ 6,537

Alagoas: R$ 6,499

Rondônia: R$ 6,49

Espírito Santo: R$ 6,44

Mato Grosso do Sul: R$ 6,43

Pernambuco: R$ 6,429

Distrito Federal: R$ 6,399

Rio Grande do Norte: R$ 6,399

Amazonas: R$ 6,2

Maranhão: R$ 6,199

Santa Catarina: R$ 6,099

Paraíba: R$ 6,089

Roraima: R$ 5,72

Amapá: R$ 5,35

Fonte: O Tempo

print
Comentários