Mais de 12 pessoas foram assassinadas por dia apenas no primeiro bimestre de 2016 em Minas Gerais. Os dados foram divulgados nessa quarta-feira (30) pela Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds). Por outro lado, em Belo Horizonte houve queda de 11,61% no número de homicídios, totalizando 99, contra 112 do mesmo período de 2015.

O Estado teve 749 vítimas de homicídios, o que significa média de 12,5 mortes por dia. No ano passado, o número foi 1,49% menor, com 738 assassinatos.

O levantamento apontou que 410 casos aconteceram em janeiro, e 339 em fevereiro. A cidade com aumento no número de homicídios foi Sete Lagoas, na região Central do Estado, com 21 mortes contra 10 do ano passado, o que equivale a 110%.

Em segundo lugar aparece Ribeirão das Neves, na Grande BH, com 33 assassinatos, 11 a mais do que no ano anterior, com alta de 50%.  Em terceiro está Contagem, também na região metropolitana, com 49 assassinatos, contra 44 de 2015, aumento de 11,36%. Uberaba, no Triângulo Mineiro, Governador Valadares, na região do Rio Doce, Montes Claros, no Norte de Minas, e Poços de Caldas, no Sul do Estado também tiveram elevação.

Em contrapartida, dos municípios da Grande BH, Betim teve um resultado expressivo na redução de homicídios. O primeiro bimestre fechou com 37 mortes, 18 a menos do que as 55 registradas em 2015. Santa Luzia teve 50% na redução de casos, uma vez que foram registrados 8 assassinatos, contra 16 do ano anterior. Nova Serrana, no Centro-Oeste de Minas, e Varginha, no Sul, e Juiz de Fora, na Zona da Mata mineira, também apresentaram queda.

 

Fonte: O Tempo||http://www.otempo.com.br/cidades/mg-teve-m%C3%A9dia-de-12-assassinatos-por-dia-no-primeiro-bimestre-de-2016-1.1270573

Imprimir

Comentários