Minas Gerais estuda tornar as aulas presenciais obrigatórias, informou o secretário estadual de Saúde, Fábio Bacheretti, em entrevista coletiva na manhã desta quinta-feira (14). Atualmente o ensino presencial no Estado é opcional. 

Questionado se há chance de as aulas obrigatórias retornarem ainda neste ano, Bacheretti disse que o governo estuda essa possibilidade.

“Há chance, sim (do ensino presencial obrigatório). Hoje as aulas não têm limite de alunos. O nosso grupo técnico vem discutindo semanalmente, com o cenário que vem melhorando, retirar o distanciamento de 90 cm e permitir o retorno integral de todo aluno de forma obrigatória”, disse o médico. 

Bacheretti ressaltou a atenção especial aos alunos com comorbidades. “”Existem algumas ponderações, que são os alunos imunossuprimidos, com doenças crônicas, que talvez o risco neste momento seja maior ao retorno da aula. Conversei hoje com a secretária de Educação e a expectativa é que a gente consiga voltar de forma segura com todas as atividades presenciais nas escolas de Minas”.

O secretário confirmou ainda a autorização para que 100% dos alunos retornem às escolas. O distanciamento foi reduzido de 1,5 m para 90 cm nas instituições de ensino. 

Fonte: o Tempo

print
Comentários