Durante o fim de semana, circularam pelas redes sociais mensagens apontando que alguns presídios seriam específicos para presos atestados como positivos para a Covid-19. Uma das mensagens apontava a cidade de Tarumirim, na região do Rio Doce, como uma dessas unidades. “Estamos fazendo questão de ressaltar sobre como funcionarão as portas de entrada, para evitar pânico e a divulgação de informações erradas à população. No fim de semana, algumas fake news falavam que as unidades referência seriam unidades prisionais que abrigariam apenas presos doentes, o que aumentaria a chance de contágio da população da cidade. Isso não é verdade e precisa ser esclarecido. A unidade prisional de Tarumirim é uma delas, onde detentos da região ficarão para cumprirem quarentena e observação, evitando um possível contágio com seu encaminhamento imediato para outras unidades. Passada a quarentena, eles serão encaminhados para outras penitenciárias ou presídios. A unidade de Tarumirim foi esvaziada para servir a esse propósito”, diz comunicado enviado à reportagem pela Sejusp.

Questionada sobre como serão os procedimentos se algum preso apresentar os sintomas da Covid-19, a secretaria afirmou que primeiro haverá um isolamento e realização de exames. “Em caso de confirmação, será enviado para tratamento em hospital, com escolta”, informou a pasta.

Já sobre o número de detentos transferidos e para quais unidades foram encaminhados, a Sejusp disse que, por questões de segurança, não comentaria a situação.

Veja a lista das unidades prisionais que devem ser esvaziadas:

Presídio de Matozinhos (masculino)
Presídio de Diamantina (feminino)
Presídio de Matias Barbosa (masculino)
Presídio de Eugenópolis (feminino)
Presídio de Sacramento (misto)
Presídio de Nepomuceno (masculino)
Presídio de Bom Sucesso (feminino)
Presídio de Bom Despacho (masculino)
Presídio de Dores do Indaiá (feminino)
Presídio de Tarumirim (masculino)
Presídio de Conselheiro Pena (feminino)
Presídio de Tupaciguara (masculino)
Presídio de Ituiutaba (feminino)
Presídio Sebastião Sátiro – Patos de Minas (masculino)
Complexo Penitenciário Nossa Senhora do Carmo em Carmo do Paranaíba (feminino)
Presídio de Bocaiuva (masculino)
Presídio de Itacarambi (feminino)
Ceresp de Ipatinga (misto)
Presídio de Resende Costa (masculino)
Presídio de Andrelândia (feminino)
Presídio de Corinto (masculino)
Presídio de Carlos Chagas (masculino)
Presídio de Teófilo Otoni (feminino)
Presídio de Unaí (misto)
Presídio de Santa Rita do Sapucaí (masculino)
Presídio de Caxambu (feminino)
Presídio de Botelhos (masculino)
Presídio de Guaranésia/Guaxupé (feminino)
Ceresp Gameleira (masculino)
Complexo Penitenciário Estevão Pinto (feminino)

Fonte: O Tempo

Imprimir
Comentários