Os três clubes mineiros que disputam a terceira fase da Copa do Brasil nas duas primeiras semanas de junho encaram clubes das Séries B, C e D do Campeonato Brasileiro.

O Atlético, se for considerada a divisão do adversário, tem o desafio mais complicado, pois encara o Remo, vice-campeão da última Série C e que nesta temporada volta a disputar a Série B.

O América, que foi semifinalista na edição 2020, caindo diante do campeão Palmeiras, encara o Criciúma, que neste ano jogará a Série C e que nesta semana foi rebaixado pela primeira vez na sua história no Campeonato Catarinense.

O Cruzeiro, único entre os três que joga a Série B do Campeonato Brasileiro, terá pela frente o Juazeirense, da Bahia, que disputa a quarta divisão nacional.

Clássico

O destaque da terceira fase da Copa do Brasil será o clássico cearense entre Ceará e Fortaleza. Outro confronto entre clubes da Série A do Brasileirão reunirá Fluminense e Bragantino.

As datas reservadas no calendário para os jogos em ida e volta são 2 e 9 de junho. O sorteio do mando de campo acontecerá ainda nesta sexta-feira (23), na sede da CBF, no Rio de Janeiro.

Na terceira fase da Copa do Brasil, os clubes jogam brigando por uma cota de R$ 2,7 milhões, que é o valor pago a cada participante da próxima etapa, as oitavas de final.

Os confrontos da quarta fase serão definidos por sorteio, mas sem a divisão de potes 1 e 2. Os 16 clubes serão agrupados num único pote e todos podem se enfrentar.

Assim existe a chance de um clássico mineiro na próxima fase se América, Atlético e Cruzeiro se classificarem.

Fonte: Hoje em Dia

print
Comentários