O Ministério da Saúde liberou R$ 10,5 milhões para reestruturação de quatro hospitais ligados a universidades federais em Minas Gerais, e que fazem atendimento pelo SUS.

Serão beneficiadas a Universidade Federal de Minas Gerais, com R$ 3.496.926,88; a de Juiz de Fora (UFJF), com R$ 936.706,09; a do Triângulo Mineiro (UFTM), com 2.310.147,68, e de Uberlândia (UFU), com R$ 3.812.952,99.

A liberação, que já foi publicada no Diário Oficial da União, corresponde ao crédito do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários, dos ministérios da Educação e da Saúde.

Além de ser aplicado em pesquisas e na melhoria da qualidade da gestão e do atendimento à população atendida pelo SUS, a verba do REHUF também pode ser utilizada para reformas e aquisição de materiais médico-hospitalares, entre outras ações, conforme a necessidade e o planejamento da instituição.

“Além de serem unidades de atendimento ao cidadão, esses hospitais são importantes locais de formação de estudantes e residência médica, além de terem um papel fundamental na pesquisa em saúde, contribuindo para os avanços da área, com novos tratamentos”, ressalta o secretário de Atenção à Saúde, Francisco Figueiredo.

Criado em 2010, o Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários visa a melhoraria da gestão hospitalar, a compra de equipamentos e o financiamento de obras nas unidades.

 

Fonte: Hoje em Dia ||

print

Comentários