O morador da comunidade de Lucianos entrou em contato com a redação e relatou que, quando acaba o asfalto, os motoristas que vão para aquela localidade se deparam com duas pontes. ?A primeira não está em um bom estado de conservação, sempre que chove, a enxurrada tira a terra, desnivelando-a. Logo abaixo dessa ponte, há um córrego muito profundo, que inclusive uma família já foi vítima. Porém, há ainda uma segunda ponte em estado deplorável. Suas tábuas estão podres e um buraco começou a se formar, podendo engolir o restante a qualquer momento. Isso sem contar a sujeira e o mato nas margens, sendo que a ponte fica numa curva bem fechada? , relata o morador.
Ainda segundo o reclamante, na comunidade de Lucianos, três vans escolares fazem o transporte das crianças, há também muitos idosos e aqueles que fazem tratamento médico regularmente na cidade.
O morador disse ainda que a vereadora Rosimeire Ribeiro de Mendonça (Meirinha/PMDB) conseguiu uma verba para a construção de novas pontes e inclusive o presidente da associação da comunidade teria se reunido com o prefeito Aluísio Veloso/PT, comprometendo-se a doar todo o material necessário para a obra, assim, a Prefeitura entraria apenas com o maquinário e a mão de obra, ?mas, até hoje, nenhuma providência foi tomada?, cobra o reclamante.
?Estamos preocupados e preferimos recorrer à imprensa para noticiar o descaso da administração pública para com a comunidade, a recorrer para noticiar um acidente grave? , finaliza o morador.

Problema é desconhecido na Secretaria de Obras
Assim que recebeu a reclamação, a equipe de redação entrou em contato na Secretaria de Obras. Como o chefe da pasta, Rodrigo Bahia, não se encontrava, foi feito contato pelo celular com o secretário adjunto, Riderson Borges, que disse desconhecer o problema.
Segundo Riderson Borges, nenhuma informação sobre a situação nas pontes na comunidade de Lucianos chegou até eles. O adjunto questionou que os moradores deveriam primeiro procurar a Secretaria de Obras, que é o órgão responsável, e não a imprensa. Ele ainda comentou que a vereadora Meirinha tem um bom relacionamento com a secretaria e boa atuação nessa área e sempre defende os interesses das comunidades rurais, mas nem mesmo ela teria os procurado para falar sobre o problema.
A redação disse que tinha as fotos do local para comprovar a precariedade nas pontes e que encaminharia para a secretaria se certificar. Mesmo desconhecendo a reivindicação, Riderson Borges disse que, se for preciso, vai providenciar os reparos necessários tão logo ele comprove a necessidade e se inteire do assunto.

IMPRIMIR