Dezenas de moradores do bairro Geraldo Veloso fizeram um abaixo-assinado solicitando os serviços dos Correios naquela localidade. Ao invés de receberem as correspondências em casa, eles têm que se deslocar até o Centro de Distribuição Domiciliária dos Correios em Formiga, localizado no bairro Quinzinho.
Alguns moradores procuraram o vereador Mauro César que, a par da situação, enviou ofício ao diretor regional dos Correios em Minas Gerais, José Pedro de Amengol Filho, solicitando empenho para a viabilização de entrega postal domiciliar no referido bairro.
Em resposta, o diretor explicou que o bairro não atende integralmente os critérios contidos no artigo 2º da portaria 567/2011, do Ministério das Comunicações.
Ainda de acordo com o diretor regional, até que seja regularizada a situação para a implantação do serviço, os objetos dos moradores do Geraldo Veloso continuarão a ser entregues na unidade dos Correios.

Os critérios para a implantação do serviço são:
? Os logradouros e as vias disponham de placas indicativas de nomes instaladas pelo órgão municipal;
? Os imóveis apresentem numeração de forma ordenada, individualizada e única;
? Os imóveis disponham de caixa receptora de correspondência, localizada na entrada da residência.
Em entrevista ao jornal, o secretário de Planejamento e Regulação Urbana, Rafael Tomé explicou que de acordo com a construtora responsável pelo empreendimento, a D?Ávila Reis, o mesmo problema já aconteceu nos bairros Vila Nova das Formigas e Nova Conquista.
?As casas no Geraldo Veloso tem placas sim e as residências estão numeradas. Pode ser que algum morador tenha feito um muro e o número da casa tenha ficado do lado de dentro, mas a D?Ávila Reis já está a par do assunto e fará uma fiscalização no local?, disse.
Rafael Tomé explicou ainda, que na próxima quarta-feira (4), uma comitiva composta pelo prefeito Moacir Ribeiro e alguns secretários fará uma visita de cortesia ao vice-governador Antônio Andrade e na ocasião, farão várias reivindicações para a cidade de Formiga, inclusive sobre a distribuição de correspondências no bairro Geraldo Veloso.

print
Comentários