Um forte mau cheiro que exala do esgoto despejado às margens do Rio Mata Cavalo, próximo à ponte na Rua dos Expedicionários, no bairro dos Quartéis, está incomodando os moradores e pedestres que passam pelo local.
Como a tubulação é curta, grande quantidade de esgoto é despejada diretamente sobre um monte de terra e areia, que obstruem a passagem do rio. Inclusive há pneu e lixos jogados no local.
De acordo com o morador Evandro Costa, o esgoto está caindo a céu aberto há pelo menos um mês. ?O mau cheiro está insuportável?, reclamou.
Na tentativa de solucionar o problema, Evandro Costa disse que já ligou no Saae várias vezes, porém, segundo o morador, eles falaram que a responsabilidade é de quem está canalizando o rio. No caso, a empresa responsável pelas obras de saneamento dos rios é a Soenge Construtora Ltda.
Procurado pela redação do jornal Nova Imprensa e do portal Últimas Notícias, o diretor do Saae, Paulo Quintiliano, disse que estava ciente do problema e já havia pedido aos funcionários da autarquia para irem ao local e resolverem a situação. ?O esgoto deve cair na água e não fora. Se eles não forem lá hoje [quinta-feira (15)], é por causa da chuva, mas logo que der, eles devem ir hoje ainda ou amanhã pela manhã [sexta-feira (16)], pois com chuva não tem como eles trabalharem?, disse.
Paulo Quintiliano explicou o que será feito pela autarquia: ?se é uma rede que caia dentro do rio, é só voltar a deixar cair dentro da água, não deixar ela empossada. Caso o cano seja curto, é preciso fazer um prolongamento dele até que ele chegue na água e, com isso, não ocorra o mau cheiro?, explicou.
De acordo com o engenheiro da Soenge, Antônio Porfírio dos Santos Neto, responsável pela obra de saneamento, ainda será canalizada uma parte da margem do Rio Mata Cavalo, na área que abrange o bairro dos Quartéis, com a implantação de uma tubulação aérea.
Questionado sobre o problema do esgoto a céu aberto, Antônio dos Santos Neto se prontificou a conversar com os moradores para tentar resolver a situação.
O engenheiro também falou a respeito da compactação de algumas ruas no município, cujo calçamento foi aberto para a realização das obras de canalização. O serviço tem recebido muitas críticas por parte de motoristas, que reclamam das ruas esburacadas. Segundo Antônio, as vias em mau estado receberão uma nova compactação antes mesmo do Natal.
Programa Rio Limpo
O Projeto Rio Limpo teve início em junho de 2006 e tem como objetivo retirar 100% de esgoto dos dois rios que cortam a cidade, o Formiga e o Mata Cavalo, e dos seus afluentes.
As obras já bateram a marca de 11 quilômetros de margens de rios e córregos canalizados em Formiga, de acordo com o engenheiro da Soenge Antônio dos Santos Neto. Para terminar a obra faltam 10 quilômetros, somando um total de 21 quilômetros.

print
Comentários