“Somos um povo abandonado”! Essa é a sensação dos moradores do bairro Jardim Montanhês, que sofrem há mais de 20 anos com as más condições das vias, expressada na fala de Nelson Venâncio Lage, um senhor de 81 anos que possui um comércio no bairro.

A redação do jornal esteve na localidade e conversou com os moradores das ruas E,G,W dentre outras, que atualmente, pelas péssimas condições das vias, são privados de receber compras de supermercado e de colocar o lixo para a coleta na porta de suas residências. “Desde que mudei para esse bairro, há 20 anos, nada mudou. Não temos infraestrutura nenhuma, fomos largados e esquecidos por todos”, desabafou a moradora Maria Aparecida da Silva.

O comerciante Nelson aguarda pelos calçamentos das ruas para que enfim, o tão sonhado ponto de ônibus possa ser instalado no bairro. “Tudo que eu quero ver são essas ruas arrumadas, já tenho tudo programado, vou construir dois banheiros e bancos para os passageiros aguardarem a lotação, espero que não demorem muito. A rua do meu estabelecimento só é calçada com pé de moleque porque briguei 3 anos e 3 meses com a administração para que calçassem a via”, comentou indignado.

A situação do piso das vias é tão ruim, que até mesmo a canalização da rede de água e esgoto está exposta. Na semana passada, um cano rompeu e a água tratada vazou pelas ruas durante horas. “Quando um carro tenta passar, acaba passamos sobre os canos que se rompem, como já aconteceu, e a água, que já está escassa é desperdiçada até o Saae vir consertar”, disse o aposentado, que completou “na rua E, também na semana passada, um motorista insistiu em passar e acabou com o carro preso em um dos buracos. Foi necessário que dez homens se juntassem para tirar o veículo do buraco”.

Na reunião do Legislativo desta semana, em conversa com o vereador José Aparecido Monteiro (Zezinho Gaiola) ele informou à redação que está à disposição dos moradores do bairro para marcar uma reunião com o prefeito Moacir Ribeiro, para que possam resolver a situação naquela localidade. “Estive no Jardim Montanhês, na sexta-feira passada (14), e me assustei com a situação das vias. Estou à disposição dos moradores para marcar uma reunião com o prefeito. Se não der para calçar agora que ele [Moacir] mande ao menos passar uma máquina nas vias e jogar um cascalho, porque do jeito que está não pode ficar”, disse o vereador.

 O jornal entrou em contato com a administração e a Secretaria de Comunicação enviou a seguinte nota: “Funcionários serão enviados ao local para verificar a situação das ruas. A Secretaria de Obras está à disposição para receber os moradores. O endereço é rua Coronel Gonçalves D’Amarante, 83, de segunda a sexta-feira, das 8 às 11 horas e das 13 às 17 horas.”

 

rua w

Priscila Rocha

Imprimir