A Secretaria Municipal de Saúde de Frutal, está investigando uma suspeita de morte pela gripe H1N1. O homem tinha 52 anos e foi atendido no Hospital Frei Gabriel nessa segunda-feira (23).
A vítima deu entrada com sintomas de forte tosse e morreu cerca de 20 minutos depois. De acordo com as informações passadas pela família do paciente, ele começou a se sentir mal na véspera do óbito por insuficiência respiratória aguda. O homem não tinha histórico de problemas pulmonares e apresentava somente quadro de hipertensão.
Segundo a coordenadora de saúde de Frutal, Nice Helena Botelho, já foi realizada a biópsia da vítima. O material da coleta foi enviado para a regional de Uberaba, e depois repassado para a Fundação Ezequiel Dias, em Belo Horizonte. O resultado da análise deve sair entre 15 e 20 dias. Segundo ela, a família do paciente já foi orientada e medicada para evitar novo caso da gripe.
O secretário municipal de saúde da cidade, José Plínio dos Reis, informou que foram tomadas as medidas necessárias para prevenção e capacitação de médicos e enfermeiros na região. Caso seja confirmado, este será o segundo óbito por gripe H1N1 nas últimas semanas. Em junho, um homem de 60 anos morreu por causa da doença após apresentar quadro de febre e tosse.

print
Comentários