Outra morte foi confirmada no Oeste de Minas nesta quinta-feira (10) por causa da nova gripe, desta vez em Pará de Minas. Além disso, um homem de 26 anos morreu com suspeita da doença em Divinópolis. Ele estava internado no CTI do hospital São João de Deus há oito dias.
Até o momento, em todo o estado, foram registradas 49 mortes, segundo nota da Secretaria Estadual de Saúde divulgada nesta sexta-feira (11). Outros 85 óbitos estão sendo investigados. Desse total, 45 casos ocorreram no estado e outras quatro, em Pernambuco e São Paulo. Entre os pacientes que morreram, estão três gestantes. No total, 326 casos estão confirmados em todo o estado.
Entre as quatro mortes confirmadas ontem, está uma mulher de 31 anos que morava em Uberlândia e, segundo a Gerência Regional de Saúde (GRS), ela faleceu no dia 29 do mês passado. Com esse caso, já são cinco o número de vítimas da doença naquela cidade. Ainda de acordo com a GRS, nos 18 municípios da área de abrangência do órgão, sete pessoas já morreram por causa da nova gripe. Outros 84 casos suspeitos aguardam resultado de exames. Entre eles, mais duas mortes também suspeitas.
Também foi confirmada nesta quinta-feira a primeira morte causada pela gripe A em Juiz de Fora, sendo a vítima uma gestante, de 34 anos, que ficou internada durante 29 dias no Hospital João Penido. Ela morreu no dia 1° deste mês, e o bebê nasceu por cesárea. Agora são três mortes confirmadas na região da Zona da Mata. Outras duas grávidas morreram em Barroso e Viçosa. Segundo a Secretaria Estadual de Saúde, Juiz de Fora possui sete casos confirmados da nova gripe, com cinco mortes suspeitas.
A Secretaria de Estado de Saúde ainda confirmou ontem mais uma morte em Uberlândia. A vítima foi uma mulher de 42 anos. Ao todo, foram registrados quatro óbitos naquela cidade. Em Belo Horizonte também foi confirmada outra morte.

print
Comentários