Muitos motoristas que até a data de hoje poderiam ser enquadrados na categoria ?Flex?, agora terão um motivo a mais para não abusarem daquela famosa desculpa de que havia ingerido somente um copinho de cerveja ou uma dose de uísque ao ser parado em alguma blitz.
Na tarde desta segunda-feira (05) chegou para o 3º Grupamento de Polícia Militar Rodoviária um bafômetro que será usado nas operações da Polícia Rodoviária.
Segundo o Comandante do Grupamento, Subtenente Palhares, o aparelho entrará em uso imediatamente e ficará em definitivo neste grupamento. O Comandante salientou ainda que todos os postos de Polícia Rodoviária ao longo da rodovia MG-050 receberam aparelhos de bafômetro.
O aparelho foi aferido pelo INMETRO e está em conformidade com a Lei 11705 (lei seca) que limita em 0,10mg/L de álcool por litro de ar expelido ou 2 dg/L de álcool por litro de sangue. Caso o condutor, durante o exame estiver acima desse limite, ele será enquadrado na Lei e não poderá seguir a viagem conduzindo qualquer veículo automotor.
Após realizado o exame no condutor suspeito de embriaguez, o aparelho que vem acompanhado de uma mini impressora, emitirá um extrato com todos os dados do exame. Entre eles, a quantidade de álcool acusada, além do nome do operador do aparelho, nome do condutor examinado, e também de testemunhas. O Subtenente Palhares lembrou ainda que, caso seja solicitado, o aparelho também poderá ser usado pela Polícia Militar em blitz no interior da cidade.

print
Comentários