O preço dos combustíveis, que já está assustando os consumidores devido aos elevados valores, deverá ser reajustado ainda mais a partir deste domingo (1º de maio). De acordo com o sindicato que representa o setor, o combustível subiu aproximadamente dez vezes desde o início do ano.
Em uma pesquisa feita em vários postos bandeirados em Formiga, foi constatado que o valor da gasolina varia de R$2,99 a R$3,11 e no álcool a variação encontrada foi bem menor, de R$2,41 a R$2,49. Alguns postos confirmaram a previsão de aumento dos combustíveis para a semana que vem.
O ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, reconheceu nesta quinta-feira (28) que tem havido abuso nos preços dos combustíveis, especialmente do etanol. Segundo ele, os preços são regulados pelo mercado, mas o governo já acionou o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) para investigar a situação.
?Há nove anos o preço da gasolina não tem aumento nas refinarias. Mas ela passa pelas distribuidoras, pelos postos, e o mercado é livre para estabelecer os preços. Quem pode fiscalizar isso, no que diz respeito aos abusos, é o Cade, ao qual já pedimos que atue?, afirmou.
Lobão disse também que já pediu à Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) para intervir no processo. Ele espera que, com o aumento da produção de etanol, os preços se regularizem nas próximas semanas, mas ressaltou que o governo ainda não descarta a possibilidade de alterar o percentual de etanol que é misturado à gasolina.

Imprimir
Comentários