Uma mulher de 32 anos foi detida após colocar fogo na casa do companheiro dela, no sábado (2), em Itapecerica. A ocorrência foi registrada na rua Padre João Vitor Correa, bairro Bom Jesus.

Ela alegou ter sido agredida pelo companheiro. Em depoimento, o homem disse que a mulher teria se jogado de um barranco, que fica em frente à casa incendiada, e se machucado. O homem contou que a mulher chegou na residência pela manhã e teria jogado pedras na porta da sala. A mulher foi levada para um hospital de Itapecerica.

Segundo o Boletim de Ocorrência, o companheiro da mulher, um homem de 41 anos, contou que após uma briga entre o casal, ele colocou as roupas da mulher do lado de fora da casa e saiu. Inconformada com a situação, ela colocou fogo nos móveis e na residência. O Corpo de Bombeiros de Oliveira combateu as chamas e a perícia técnica foi realizada no local.

Enquanto a ocorrência era registrada, um adolescente de 15 anos e a mãe dele, uma mulher de 32 anos, compareceram no quartel da Polícia Militar. O menor alegou ser o proprietário da casa incendiada e que o homem seria tio dele.

O homem disse que teve os seguintes pertences danificados: uma televisão, um aparelho de som, uma estante, um jogo de sofás, uma cama de casal com colchão, um guarda-roupa com as roupas dele, dois pares de tênis, três colchões de solteiro, armário de cozinha, uma geladeira e utensílios de cozinha, além de documentos pessoais como Carteira de Identidade, Cadastro de Pessoa Física (CPF), e cartões do Sistema Único de Saúde (SUS) e de banco.

Após ser localizada, a responsável pelo incêndio também afirmou que teve os documentos queimados, além da Carteira de Trabalho. Depois do atendimento médico, a mulher foi presa em flagrante pelo crime de causar o incêndio, expor a perigo a vida, integridade física ou patrimônio de outro.

 

Fonte: G1 ||
Imprimir
Comentários