Uma mulher de 33 anos foi detida na noite dessa terça-feira (12) suspeita atear fogo no quarto com as filhas, de três e cinco anos, em Nova Serrana.

A Polícia Militar suspeita que a mulher teria trancado as meninas em um quarto e ateado fogo. Uma das vítimas teve 40% do corpo queimado e foi transferida para um hospital em Belo Horizonte em estado grave.

De acordo com a PM, as vítimas deram entrada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) na noite de segunda-feira (12), apresentando ferimentos provocados por fogo. A mãe delas contou que as duas brincavam no quarto quando ouviu gritos. No local, a mulher encontrou o colchão em chamas e, após controlar o fogo, levou as filhas para receber atendimento.

No entanto, duas testemunhas, de 23 e 33 anos, disseram à polícia que as crianças contaram que a mãe as trancou no quarto e ateou fogo no colchão pela janela. A mulher foi detida e levada para a Delegacia da Polícia Civil.

A criança de cinco anos sofreu queimadura leve, foi atendida e liberada. De acordo com o Conselho Tutelar, ela foi levada para um abrigo e os conselheiros tentam localizar algum familiar que fique responsável pela guarda temporária.

Já a menina de três anos sofreu queimadura em 40% do corpo e foi transferida em estado grave para o Hospital João XXIII, em Belo Horizonte. A assessoria de comunicação do hospital informou que não passa informações sobre estado de saúde dos pacientes.

Meninas foram levadas para a UPA de Nova Serrana e uma delas foi transferida para Belo Horizonte (Foto: Reprodução Tv Integração)

 

Fonte: G1||

Imprimir

Comentários