Uma mulher de 32 anos foi morta após ser esfaqueada na noite desta terça-feira (16) no bairro Cidade Nova. Luana Priscila Silva chegou a ser encaminhada ao Pronto Atendimento Municipal, mas não resistiu ao ferimento.

De acordo com testemunhas, ela estava na porta da residência onde morava, no bairro Cidade Nova, discutindo com o suspeito por causa de um telefone celular. Em determinado momento da discussão, o suspeito sacou uma faca e a golpeou no abdômen.

Após o fato, populares incendiaram a casa do suspeito que fugiu do local, logo após o crime, levando a faca usada para ferir Luana. A suspeita da PM é de que familiares da vítima tenham ateado fogo à residência,  localizada na rua José Pereira Maçal, em represália.

O Corpo de Bombeiros informou que a residência ficou destruída e que a estrutura da casa ficou comprometida. Ninguém se feriu no incêndio.

Os militares seguem em rastreamento, mas até o momento o homem não foi encontrado. Já o corpo da vítima está na funerária municipal, aguardando a necropsia para, em seguida, ser velado.

Redação do Jornal Nova Imprensa

print
Comentários