A Polícia Civil de Minas Gerais, por meio da 1ª Delegacia Regional de Ouro Preto, sob a coordenação do Delegado Regional, Isaías Confort Oliveira da Costa, e delegada Adriana Ferreira Pereira, cumpriu na sexta-feira (14), um mandado de prisão em desfavor de uma mulher suspeita de aplicar golpes em cidades do interior de Minas.

Segundo informações da PC, no Centro-Oeste de Minas, os golpes foram aplicados em Formiga e Lagoa da Prata.

A mulher também é suspeita de aplicar golpes em Ouro Preto/MG, Congonhas/MG, Itabirito/MG, Chalé/MG e Araras/SP.

A mesma se identificava para suas vítimas com nomes diferentes, como Gisele, Mayara, Samara e Bruna e oferecia produtos como roupas, sapatos, produtos de salão de beleza, produtos de um site de moda entre outros produtos anunciados em páginas de Facebook e WhatsApp.

A suspeita recebia o pagamento das vítimas utilizando contas bancárias de “laranjas”, contudo não enviava as mercadorias. Os valores recebidos pela autora giravam entre R$400 e R$2 mil.

Participaram da operação sob supervisão do inspetor Valmir Valverde da Costa, a Equipe de Crimes contra o Patrimônio, composta pelos policiais civis Adriana Cordeiro, Lucas Mendes, Jorge Daniel e Eduardo Simonette, com o apoio da Equipe de Homicídios e Tóxicos composta pelas policiais civis Érica Felestrino e Daniele Dutra e pela Equipe Proteção à Mulher composta pelo policial Marco Aurélio.

 

Fonte: Portal Arcos||

print

Comentários