O Museu Histórico Francisco Fonseca divulgou, nesta semana, um balanço das atividades realizadas em 2013. O objetivo foi fomentar as ações culturais e artísticas do município.
Dentre as várias atividades, foram realizadas três noites de autógrafos dos escritores acadêmicos da Associação Formiguense de Letras (AFL).
O Dia Internacional da Mulher foi comemorado com homenagens e a palestra ?Mulher & Atitude?, com a delegada Maria Eduarda Leite, que abordou a ?Lei Maria da Penha? e alertou as mulheres para suas conquistas.
Foi feita ainda a comemoração do Dia do Índio e realizada uma exposição, com pertences indígenas e projeção de vídeo, abordando a cultura, usos e costumes da tribo pataxós que vivem na aldeia Muã Mimatxi, em Itapecerica.
De 14 a 18 de maio, ocorreu a Semana Nacional dos Museus, com oficinas de conservação e preservação de acervos, ministradas pela coordenadora do curso de biblioteconomia do Unifor-MG, Margarita Torres Fonseca. Também foram homenageadas famílias da cidade, em exposição intitulada ?Histórias de família?, que mostrou a vida e o trabalho de alguns profissionais que muito fizeram por Formiga.
No aniversário da cidade, o Museu recebeu formiguenses ausentes que fazem parte do grupo na internet chamado ?Formigueiro?.
As escolas estaduais participaram de uma gincana realizada em homenagem ao aniversário de Formiga, com o tema ?Eu te amo Formiga?. Foram expostas biografias e obras de formiguenses ilustres que dão nomes as ruas do Centro da cidade.
Foi realizado um sarau com a presença de Bárbara Heliodora Corrêa Ribeiro, a primeira intérprete da valsa ?Eu sonhei que tu estavas tão linda?, de Lamartine Babo, que abrilhantou o evento. Houve ainda a participação de outros artistas que também alegraram a noite com outras canções.
O clube de Filatelia usou o espaço do Museu para exposição e palestras sobre a história do selo, contextualizando um grande enriquecimento cultural para os presentes.
Em setembro, artistas formiguenses foram homenageados, com exposição mostrando suas técnicas, talentos, habilidades e expressões.
Também foram colocados em exposição os objetos usados na capoeira para comemorar a ?Primavera dos Museus?, com o tema ?Museus, Memória e Cultura Afro-Brasileira?.
O artista formiguense André Calsavara usou o espaço do Museu e mostrou, em exposição intitulada ?Retratos?, suas obras, desenhos artísticos ? grafite sobre papel. Os trabalhos encantaram os visitantes.

Imprimir
Comentários