O América conquistou uma grande vitória na tarde deste sábado (23), ao bater o Santos por 2 a 0 na Vila Belmiro, pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o triunfo fora de casa, o time do estreante técnico Marquinhos Santos subiu para a nona posição da tabela, com 35 pontos, e segue cada vez mais vivo na luta por uma vaga inédita na Copa Sul-Americana.

Além disso, a vitória afasta ainda mais o América da zona de rebaixamento, abrindo sete pontos de vantagem sobre o Bahia, atual 17º colocado, com 28 pontos.

O revés para o Coelho, na Vila Belmiro, deixou a equipe de Fábio Carille estacionada nos 29 pontos e na 16º posição, podendo entrar no Z-4 dependendo dos resultados de Bahia e Sport, que ainda jogam na rodada.

O jogo

O América não se intimidou em atuar longe de Belo Horizonte e iniciou a partida pressionando o time mandante. A equipe de Marquinhos Santos não deixava o Peixe impor o seu ritmo, e ainda conseguia criar as melhores chances. Logo aos sete minutos, Juninho teve a oportunidade de abrir o placar, mas o goleiro João Paulo fez grande defesa.

Os primeiros 20 minutos foram de domínio total do América. A partir disso, o Santos conseguiu ter mais a posse de bola e finalizou quatro vezes, mas Matheus Cavichioli esteve bem postado em todos os lances.

No final do primeiro tempo, Jean Mota, que havia acabado de entrar, perdeu a corrida para Ademir, puxou o atacante na área e foi expulso. Além disso, o árbitro marcou pênalti para o América. O próprio Ademir cobrou e abriu o placar para os visitantes. Destaque para o lançamento perfeito de Cavichioli no início da jogada.

Com um a menos e ainda sentindo o gol sofrido, o Santos não teve tempo de esboçar uma reação no segundo tempo. Logo no primeiro minuto da etapa final, Alê ampliou para o América, após o goleiro João Paulo não conseguir cruzar e a bola sobrar para o meia do Coelho dentro da área, que só empurrou para as redes. Foi o segundo gol dele no Brasileirão 2021.

A torcida do Coelho teve ainda mais uma boa notícia no segundo tempo: o argentino Zárate voltou a atuar após três jogos afastado por problema muscular na coxa. Experiente, o meia foi importante para o América seguir controlando as ações do jogo, dominando o Santos.

E no dia do aniversário do Rei Pelé, que completou 81 anos neste sábado (23), o presente foi mesmo para a torcida americana, que vê o time crescer na temporada e sonhar com uma vaga em uma competição continental pela primeira vez.

Fonte: Itatiaia

print
Comentários