Silvana Aparecida Toledo, irmã de Odair Francisco de Oliveira, que morreu depois de cair de um penhasco quando tentava pegar uma flor para a namorada, disse que a jovem está em choque. Ela chora muito, não tem como falar no assunto, contou. Ele era servidor da Prefeitura de Joaquim Távora, no Norte do Paraná.
O acidente foi na tarde de sábado (9), por volta das 15h. De acordo com o Corpo de Bombeiros, o homem estava passeando com a namorada no ´Vale da Pirambeira´ e teria escorregado de uma altura de 40 metros ao tentar alcançar uma orquídea para a moça.
Segundo Silvana, o irmão de 38 anos saiu da casa da mãe, onde ele morava, às 13h para passear com a namorada, que tem 25 anos. Eles sempre iam lá, nos fins de semana, buscar flores. Foram a pé, disse. O casal namorava há mais de três anos.
De acordo com Silvana, após o acidente, a jovem desceu na beira do asfalto para pedir ajuda.
O sargento do Corpo de Bombeiros Luiz Souza disse que o resgate durou cerca de quatro horas e que a vítima foi encontrada com vida, mas acabou sofrendo uma parada cardíaca durante o trabalho de resgate. Souza informou que o vale é bastante visitado pela população do município.
Odair foi enterrado às 15h de domingo (10), no Cemitério Municipal de Joaquim Távora.
Silvana contou que visitou a namorada do irmão na manhã desta segunda-feira (11) e que ela estava muito abatida e não falou muito. O laudo do Instituto Médico Legal de Jacarezinho sobre a causa da morte do servidor deve sair nesta terça-feira (12).

Imprimir
Comentários