A agência espacial norte-americana (Nasa) anunciou nessa semana duas novas missões espaciais dentro do programa New Frontiers. Até 2020, dois robôs serão lançados ao espaço: um vai voar até um cometa e o outro vai explorar Titã, a lua de Saturno que tem condições de abrigar vida.

A primeira missão, chamada Caesar, vai levar um robô até o cometa 67P/Churyumov-Gerasimenko, o mesmo que a sonda Rosetta conheceu de perto em janeiro deste ano, antes de ser desativada por problemas técnicos.

A segunda missão, que recebeu o nome de Dragonfly, é a que vai até Titã. Em abril deste ano, a sonda Cassini descobriu que o satélite possui diversos ingredientes para o sustento de vida como a da Terra.

Titã possui oceanos subterrâneos repletos de fontes hidrotermais, locais que, na Terra, são “ninhos” para os mais diversos tipos de micro-organismos. O objetivo da missão Dragonfly será justamente descobrir se a lua de Saturno é ou não habitável, em que escala e em quais regiões.

IMPRIMIR

Fonte:

Olhar Digital