A Concessionária Nascentes das Gerais retomou nesta segunda-feira (24), em Alpinópolis, a campanha educativa para prevenir os acidentes verificados no sistema MG-050/BR-265/BR-491 ocasionados por animais soltos na rodovia. Uma equipe da concessionária começará a visitar produtores rurais em Alpinópolis para entregar material educativo e ao mesmo tempo alertar os moradores da necessidade da manutenção em condição segura das cercas junto às propriedades para evitar fuga dos animais.
Essa nova etapa vai até a próxima sexta-feira (28), quando os trabalhos devem chegar a Formiga. Desde junho de 2008, a equipe da concessionária já visitou 350 de propriedades no Sistema da Concessionária Nascentes das Gerais localizadas entre São Sebastião do Paraíso e Passos.
A presença de animais na pista é um assunto que merece bastante atenção, pois a maior parte desse tipo de acidente ocasiona danos graves, sejam eles materiais ou físicos, e a perda irreparável de vidas humanas. Ao longo dos 371,4 quilômetros do complexo MG-050, é verificada a criação de animais como bois, cavalos, vacas, búfalos, além de cães, gatos, entre outros.
?Acreditamos que o trabalho educativo é o melhor caminho para evitarmos acidentes com animais no Sistema da Concessionária Nascentes das Gerais. São cuidados simples que fazem a diferença e que necessitam da consciência, prudência e responsabilidade de todos?, diz José Roberto Ometto, diretor-executivo da Concessionária Nascentes das Gerais.
O proprietário do animal que invadir a pista responderá legalmente conforme o artigo 936 do Código Civil, sendo responsabilizado pelos danos causados em decorrência do dever de guarda que exerce sobre o mesmo.
No domingo (23), um cavalo invadiu a pista na Avenida Brasil, entrada para a cidade do Rio de janeiro e se envolveu em um acidente com um veículo.

print
Comentários