A Concessionária Nascentes das Gerais dará início a mais uma frente de trabalho no Sistema MG-050/BR-265/BR-491 nesta quinta-feira (20). A previsão é de que os usuários possam utilizar a nova pista a partir de outubro deste ano.
Essa intervenção está no pacote de R$ 110 milhões de investimentos que a empresa anunciou recentemente para a rodovia em 2010. De acordo com a Concessionária Nascentes das Gerais, não há necessidade de interrupção do tráfego no momento.
Várias obras estão sendo realizadas no Sistema MG-050. Ao todo, são 15 terceiras faixas em execução, totalizando 19,83 quilômetros que devem ser entregues até próximo mês de outubro. As intervenções ocorrem nas cidades de Divinópolis, Formiga, Piumhi, Capitólio, São Sebastião do Paraíso e Passos.
Também está em curso a duplicação do perímetro urbano de Formiga, de Mateus Leme e da BR-491, em São Sebastião do Paraíso. ?Há obras por toda a rodovia e quem passa pela estrada vê os benefícios que a concessão traz para o Centro-Oeste e o Sudoeste de Minas Gerais?, afirma Emerson Bittar, diretor-presidente da Concessionária Nascentes das Gerais.
O Sistema MG-050/BR-265/BR-491 tem 371,4 quilômetros de extensão e liga Juatuba, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, a São Sebastião do Paraíso, na divisa entre Minas Gerais e São Paulo. É a principal rodovia do Centro-Oeste e do Sudoeste de Minas Gerais.
Desde junho de 2007, o Sistema MG-050 é administrado por meio da primeira Parceria Público-Privada (PPP) do setor de infraestrutura rodoviária do Brasil e desenvolvida pelo Governo de Minas. Até o momento, a Nascentes das Gerais investiu cerca de R$ 180 milhões em todo o trecho.

Imprimir
Comentários