A região sul do Brasil foi castigada com a passagem de um ciclone bomba na semana passada. O estado que mais sofreu as consequências foi Santa Catarina, onde nove pessoas morreram. A décima vítima morava no Rio Grande do Sul. Agora os meteorologistas do Tempo Agora preveem a chegada de mais um ciclone extratropical entre esta terça-feira (7) e quarta-feira (8).

O ciclone extratropical é comum nesta época do ano, porém o que atingiu a região sul foi chamado de “bomba”, por apresentar uma rápida queda de pressão no centro do ciclone, algo que não é tão comum assim.

Agora, as simulações atmosféricas mostram a previsão de um novo ciclone extratropical na região. A área de baixa pressão se forma sobre o sul do Paraguai e se desloca pelo Rio Grande do Sul em direção ao oceano, dando origem ao ciclone.

Às vezes, depois de um evento extremo – como o ciclone “bomba” da última semana- os modelos atmosféricos ficam “contaminados”, ou seja, exageram na previsão. Por isso, ainda não é possível confirmar se será outro ciclone bomba. Mas a certeza é de fortes temporais no Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná, incluindo as áreas que foram atingidas na última quarta-feira (1º).

Rajadas de vento

Além do elevado volume de chuva, principalmente entre a metade norte do Rio Grande do Sul e o sul de Santa Catarina, a previsão é de ventos médios de 80 km/h na região e ondas de até três metros de altura em todo o litoral gaúcho.

No sudeste do país, os ventos também devem ganhar força e atingir a casa dos 60 km/h na quarta-feira (8), principalmente no leste do estado de São Paulo.

Matéria do R7

Imprimir
Comentários