A professora Adriana Costa Prado de Oliveira está atuando desde o dia 2 deste mês como supervisora de estágio, área criminal, do Núcleo de Práticas Jurídicas do Unifor-MG. O NPJ oferece atendimento gratuito à comunidade carente, além de propiciar o contato direto dos acadêmicos com o cotidiano profissional.
De acordo com a professora, o supervisor de estágio é responsável por supervisionar e orientar os alunos no atendimento às pessoas que buscam os serviços do núcleo, na confecção das peças processuais, além de acompanhar juntamente com os mesmos o andamento dos processos e comparecimento às audiências.
A supervisora de estágio explicou que, atualmente, os atendimentos na área criminal irão abranger somente os chamados crimes de menor potencial ofensivo, ou seja, aqueles abarcados pela Lei dos Juizados Especiais, crimes apenados em até dois anos de reclusão.
?O estágio supervisionado é um método de aprendizagem que contribui para o aprimoramento profissional do aluno, que proporciona a ele o entendimento dos preceitos que são ensinados em sala de aula, lhe dando a real dimensão da função de sua profissão. Além disso, traz vantagens também para toda a comunidade economicamente hipossuficiente?, comentou Adriana Prado.
Adriana é professora de prática processual penal II, biodireito e direito civil V no Centro Universitário. Advogada nas áreas cível e criminal, a professora é especialista em direito privado. Em 2008, exerceu o cargo de assessora jurídica da Câmara Municipal de Formiga.
NPJ
O NPJ oferece atendimento gratuito nas áreas cível como: família (divórcio, separação, adoção, pensões alimentícias, guarda, dentre outros), sucessões (pedidos de alvará e inventários de pequeno valor), criminal, conciliação e mediação.
A supervisora de estágio na área cível é a professora Maria Rachel de Castro Fernandes Guimarães.
O horário de funcionamento do Núcleo é das 8h às 18h, de segunda a sexta-feira. Os atendimentos são feitos à comunidade carente, que se inscreve, passa por uma triagem prévia para análise de perfil e, posteriormente, é atendida pelos estagiários. Os interessados podem entrar em contato pelo telefone: (37) 3329-1491.

Imprimir
Comentários