Na terça-feira (8), o Núcleo de Práticas Jurídicas (NPJ) do Centro Universitário de Formiga realizou o primeiro júri. Desde abril deste ano, o NPJ atende na área criminal. Na ocasião do julgamento, atuaram os advogados do núcleo dos professores André Hostalácio Freitas e Maria Rachel Castro Fernandes Guimarães, com auxílio dos estagiários Danilo César Basílio de Souza e Camila Rezende Ferreira.
De acordo com o coordenador do NPJ, André Hostalácio Freitas, júri é o tribunal em que cidadãos, previamente alistados, decidem em sua consciência e sob juramento, sobre a culpabilidade ou não dos acusados (réus), acerca da prática de crimes dolosos contra a vida.
Segundo a orientadora do NPJ, Maria Rachel, a efetiva participação de estagiários no Tribunal do Júri é de suma importância para a sua qualificação, pois une o conhecimento obtido em sala de aula à prática real. Para os estagiários, a atuação em Plenário do Júri traduz a competência, o esforço e dedicação próprios em relação ao curso de direito do Unifor-MG.
NPJ
O Núcleo de Práticas Jurídicas oferece atendimento gratuito nas áreas cível como: família (divórcio, separação, adoção, pensões alimentícias, guarda, dentre outros), sucessões (pedidos de alvará e inventários de pequeno valor), criminal, conciliação e mediação, além de propiciar o contato direto dos acadêmicos com o cotidiano profissional.
O horário de funcionamento do núcleo é das 8 às 18 horas, de segunda a sexta-feira. Os atendimentos são feitos à comunidade carente, que se inscreve, passa por uma triagem prévia para análise de perfil e, posteriormente, é atendida pelos estagiários. Os interessados podem entrar em contato pelo telefone: (37) 3329-1491.

Imprimir