O número de mortos localizados nas buscas pelas vítimas da tragédia em Brumadinho subiu para 200. A informação foi divulgada nessa segunda-feira (11), pelo Corpo de Bombeiros. Cento e oito pessoas seguem desaparecidas.

Nessa segunda, 136 bombeiros militares trabalharam nas buscas pelas vítimas na região atingida pela lama da barragem I da Mina Córrego do Feijão, que se rompeu no dia 25 de janeiro. Foram montadas 20 frentes de trabalho, contando com 76 máquinas pesadas, quatro cães farejadores, um helicóptero e dois drones.

Antes de retomar os trabalhos, foi necessário realizar uma avaliação dos danos causados aos trabalhos pela forte chuva da noite anterior. Depois disso, os bombeiros atuaram em diferentes pontos, voltando a atenção para a base da barragem rompida.

 

Fonte: Hoje em Dia ||

Imprimir

Comentários