Em Minas Gerais ocorreram mais acidentes e óbitos.
O número de mortos em acidentes de trânsito nas rodovias federais no feriado de Ano Novo foi 9% menor em relação ao Natal, segundo dados da Polícia Rodoviária Federal (PRF) divulgados nesta segunda-feira (3).
Durante a comemoração de Réveillon, entre 0h do dia 31 de dezembro e 23h59 do dia 2 de janeiro, foram registrados 1.844 acidentes, com 106 mortos e 1.294 feridos nas rodovias federais pelo país. Já durante o Natal, a PRF registrou 117 mortos e 1.361 feridos em 1.884 acidentes ocorridos nas estradas federais.
Historicamente, os números de Natal são mais violentos do que no Ano Novo, até porque muito mais pessoas viajam no Natal. É o universo em circulação nas rodovias que faz os números serem maiores, existem mais motoristas em circulação nesse período, afirmou o chefe da Comunicação Social da PRF, inspetor Alexandre Castilho.
No Ano Novo, conseguimos canalizar a fiscalização, porque temos corredores prioritários de circulação. Ao contrário do Natal, quando o efetivo fica pulverizado por todo o país e isso diminui o poder de fiscalização, disse.
Ainda de acordo com Castilho, o mau tempo fez com que menos pessoas saíssem para viajar, principalmente em regiões do Sudeste e do Centro-Oeste.

Ranking de mortos e acidentes
O estado onde ocorreu o maior número de mortos durante o Ano Novo foi o Minas Gerais, com 19 óbitos, seguido pelo estado da Bahia, com 13, e Paraná, com 9.
Santa Catarina e Goiás registraram 6 vítimas fatais durante o feriado. Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Distrito Federal tiveram 5 mortes em rodovias federais.
No estado de Minas Gerais também ocorreu o maior número de acidentes. Foram registradas 388 ocorrências nas estradas federais do Estado. O Paraná teve 231 acidentes, seguido por Santa Catarina, com 190, e São Paulo, com 136. No Rio de Janeiro, a PRF registrou 127 ocorrências.

Motoristas embriagados
A PRF fez 11.222 testes do bafômetro durante o feriado de Ano Novo, tendo no total 128 motoristas presos.
Ainda de acordo com a PRF, foram aplicadas 39.482 multas no período entre 0h do dia 31 de dezembro e 23h59 do dia 2 de janeiro, o que equivale a uma infração de trânsito a cada 6 segundos.

Imprimir
Comentários