Uma nuvem de areia gigante foi registrada às margens do rio Tietê, em Pereira Barreto, interior de São Paulo, na tarde desta sexta-feira (1).

A cena chamou bastante atenção de moradores, que se assustaram com a tempestade. Outras cidades também registraram o fenômeno na região de Presidente Prudente e no estado de Mato Grosso do Sul.

O comerciante Moacir da Silva viu a tempestade se aproximando e resolveu usar o celular para gravá-la. Ao portal g1, ele afirmou que ficou impressionado.

“Fiquei assustado. Escureceu muito rápido. O trem foi aumentando, mas eu precisei parar de filmar, porque começou a vir muita areia no meu olho. Choveu só terra no momento”, explica.

Moacir diz que já tinha visto o fenômeno em reportagens e filmes, mas nunca pessoalmente.

“Foi feio. Tinha um barco dentro da água. Ele simplesmente sumiu. A nuvem de areia cobriu o barco. Não sei o que aconteceu. O susto já passou. A nuvem de areia passou e depois começou a chover de verdade”, conta.

Mais tempestades

Uma tempestade de poeira causou estragos e pânico na região de Presidente Prudente (SP) na tarde desta sexta-feira (1º).

A força do vento, que, segundo o climatologista Vagner Camarini, chegou a ter rajadas de 80km/h, derrubou árvores, destelhou imóveis e arrancou placas publicitárias e sinalizatórias, vidraças e marquises.

Equipes do Corpo de Bombeiros foram acionadas para o atendimento das ocorrências. O trabalho também envolveu funcionários da empresa concessionária de distribuição de energia elétrica e da Defesa Civil.

No Aeroporto Estadual de Presidente Prudente, a força do vento quebrou vidros do saguão de embarque e desembarque de passageiros e causou danos no terminal.

Uma tempestade de areia também atingiu Três Lagoas (MS), a 3313 km de Campo Grande e na divisa com São Paulo, nesta sexta-feira (1º). Os moradores da cidade registraram o momento de susto. Assista ao vídeo acima.

Às 14h, desta sexta, em Três Lagoas, os ventos chegaram a 68 km/h, de acordo com o meteorologista Natálio Abrahão. Já a temperatura que estava em 41°C, caiu para 24°C. O especialista também alertou para a baixa visibilidade em relação da poeira.

Com vento intenso, muita poeira sobre o horizonte, Marcos Trindade, morador de Três Lagoas, fez um registrou da tempestade se aproximando do município.

Moradores de Sidrolândia e Nova Alvorada do Sul também registraram a chegada da temporal de areia.

Fonte: G1

print
Comentários