O ser humano está sempre buscando a perfeição, tanto física como intelectualmente.

O livro intitulado “Todo mundo é incompetente, inclusive você” traz dados para afirmar a incompetência do ser humano, mencionando diversas profissões e talentos, defendendo que quem é competente em uma profissão ou talento é incompetente nos demais.

Taxativamente, não posso concordar com o título do livro, pois melhor seria “O eterno aprendiz”. Sim, eterno aprendiz.

O homem está sempre à procura de aperfeiçoamentos, de adquirir novas competências, de superar, de avançar na escala da vida.

Por exemplo, o médico se apaixona por estudar e desnudar os conhecimentos do direito sente uma grande alegria de poder aprender algo novo e, ao final, conclui ter-se tornado um profissional melhor e mais completo.

O homem nasce imperfeito, cresce imperfeito, busca a perfeição, é um eterno aprendiz, se adapta a situações novas e inusitadas, sente a necessidade de aprender, devido a sua eterna imperfeição e, na procura, pela perfeição chega ao seu auge físico e intelectual, mas continua imperfeito e sempre na busca da perfeição.

Imprimir

Comentários